Sort results by
Sort results by

Agricultura regenerativa

Agricultura regenerativa
Nosso Roteiro Net Zero mostra que quase dois terços de nossas emissões de gases de efeito estufa vêm da agricultura, portanto, uma das nossas principais áreas de foco é a abordagem dessas emissões. Uma das coisas mais importantes que estamos fazendo é introduzir o conceito de agricultura regenerativa – uma iniciativa com um potencial incrível que auxilia no enfrentamento das mudanças climáticas e apoia comunidades e recursos naturais.
Aumento de sistemas alimentares regenerativos em escala
20 %
50 %
O que é agricultura regenerativa?
A agricultura regenerativa é uma abordagem à agricultura que visa melhorar a saúde e a fertilidade do solo, bem como proteger os recursos hídricos e a biodiversidade. A recuperação da saúde do solo auxilia na redução e no sequestro de níveis maiores de carbono nos solos e na biomassa vegetal. Solos mais saudáveis também são mais resistentes aos impactos das mudanças climáticas e podem aumentar os rendimentos, ajudando a melhorar os meios de subsistência dos agricultores.
Os principais pilares da agricultura regenerativa
Biodiversidade
Nosso objetivo é aumentar a biodiversidade vegetal e animal acima e abaixo do solo. Por exemplo, pretendemos auxiliar na recuperação de ecossistemas críticos por meio da plantação de 200 milhões de árvores, como árvores de sombra e frutíferas, até 2030 nas fazendas e paisagens das quais nos abastecemos, em áreas de cultivo de cacau. O objetivo é contribuir para melhorar os ciclos de nutrientes do solo, bem como os meios de subsistência dos agricultores e a resistência às mudanças climáticas.
Biodiversidade
Solo
Estamos auxiliando na ampliação das práticas agrícolas que ajudam a proteger a saúde do solo e a aumentar sua matéria orgânica, lançando iniciativas de agricultura regenerativa por meio do nosso programa Farmer Connect, que trabalha em estreita colaboração com até 500.000 agricultores e 150.000 fornecedores, bem como com comunidades locais.
Solo
Água
Nosso objetivo é reduzir os insumos químicos agrícolas e otimizar a adubação orgânica, o controle biológico de pragas e as técnicas de irrigação.

A proteção da qualidade das águas naturais e administração dos recursos hídricos são essenciais para a regeneração. Reconhecemos a necessidade de fazermos a nossa parte ao ajudarmos a proteger, recuperar e renovar as fontes de água: na Nestlé Waters, nosso negócio de água engarrafada; em toda a nossa cadeia de abastecimento agrícola e operações de produção; e nas comunidades onde a Nestlé causa impacto.
Água
Laticínios
Nosso objetivo é integrar a pecuária e otimizar o pasto nos sistemas agrícolas, quando possível.

Envidamos todos os nossos esforços para que a agricultura regenerativa transforme os laticínios em uma indústria net zero. Nosso trabalho inclui o uso de silvopastagem, em que árvores são inseridas em áreas utilizadas para pastagem de gado, a agricultura mista de gado e cultivos, culturas de cobertura para proteger o solo e melhor gestão de estrume.
Laticínios
Agricultura regenerativa na Nestlé
Sabemos que a agricultura regenerativa desempenha um papel fundamental na melhora da saúde do solo, na recuperação dos ciclos da água e no aumento da biodiversidade. Esses resultados formam a base de sistemas alimentares sustentáveis e contribuem para que alcancemos nossas ambiciosas metas climáticas. É por este motivo que a Nestlé está investindo CHF 1,2 bilhão até 2025, a fim de estimular a agricultura regenerativa em toda a nossa cadeia de suprimentos. 

Nossa abordagem sempre buscará priorizar os agricultores – apoiando soluções adequadas para suas regiões e culturas. É por isso que nossos mais de 500 especialistas em sourcing e mais de 4.500 colaboradores de suporte estão auxiliando na transição.

Nossa estratégia começa com estudos-piloto em fazendas que validam novas tecnologias e soluções com base na natureza. À medida que os pilotos são bem-sucedidos, expandimos para fazendas de referência de agroempreendedores, ou agricultores empreendedores, em diferentes países e regiões, uma vez que as exigências de solo e clima serão diferentes. A partir de fazendas de referência, tentamos dimensionar a abordagem para a comunidade de agroempreendedores, ajudando a progredir e melhorar ainda mais seus modelos de negócios. Planejamos implementar essa abordagem em escala por meio do nosso programa Farmer Connect.

Também estamos incentivando o alinhamento da indústria com estruturas e métricas comuns para a agricultura regenerativa.
Uma transição justa
Os sistemas alimentares regenerativos priorizam as pessoas. O objetivo é fornecer meios de subsistência resilientes e justos e trabalho digno que permitam às pessoas em todo o mundo sustentarem a si mesmas e suas famílias.

O caminho até a agricultura regenerativa é uma jornada de longo prazo com desafios. Por isso, auxiliaremos os agricultores oferecendo investimentos, recompensando as boas práticas e oferecendo orientação técnica e científica. Isso, juntamente com o respeito e a promoção dos direitos humanos, contribuirá para uma transição justa para sistemas alimentares regenerativos.

Estamos trabalhando arduamente para apoiar os agricultores na transição para um sistema alimentar regenerativo:
  • Proteção e promoção dos direitos humanos
  • Fornecimento de ciência e assistência técnica de ponta
  • Oferta de suporte ao investimento
  • Pagamento de prêmios por produtos agrícolas regenerativos
Uma transição justa