Sort results by
Sort results by

Vendas do primeiro trimestre: 7,2% de crescimento orgânico, expectativa anual confirmada

• Vendas de CHF 21,4 bilhões, 7,2% de crescimento orgânico, 2,8% de crescimento real

• 3,1% de crescimento orgânico nos mercados desenvolvidos, 13,0% de crescimento orgânico nos mercados emergentes

• Expectativa anual sem alterações: crescimento orgânico de 5 – 6%, melhoria de margem e ganhos por ação subjacentes nas moedas de valor constante

Paul Bulcke, CEO da Nestlé: “Como antecipado, 2012 já está provando ser um ano de muitos desafios. Em vários mercados desenvolvidos, nos quais a confiança do consumidor é baixa, o ambiente comercial está deprimido, ao passo que na maioria dos mercados emergentes, as condições continuam dinâmicas e ricas em oportunidades de crescimento. Nossos investimentos passados e presentes e nossa contínua inovação nos permitiram apresentar um crescimento positivo neste primeiro trimestre. Isso, juntamente com os efeitos da política de preços para o restante do ano e uma provável melhoria do ambiente das matérias primas no segundo semestre, confirmam nossas expectativas anuais de apresentar um crescimento orgânico de 5 – 6%, com melhoria da margem anual e ganhos por ação subjacentes nas moedas de valor constante”.

Vevey, 20 de abril de 2012 – Nos primeiros três meses de 2012, as vendas aumentaram 5,6% para CHF 21,4 bilhões. O crescimento orgânico foi de 7,2%, composto por 2,8% de crescimento real e 4,4% de política de preços. As aquisições, descontados os desinvestimentos, adicionaram 3% às vendas, enquanto a taxa de câmbio teve um impacto negativo de 4,6%.

Revisão do Negócio

Nossas três geografias contribuíram positivamente para o crescimento do primeiro trimestre: a zona Américas obteve crescimento orgânico de 6,8%, a Europa, 3,4% e a zona Ásia, Oceania e África, 12,2%. Nossos negócios cresceram 13,0% nos mercados emergentes e 3,1% nos mercados desenvolvidos. Esse desempenho reflete as condições contrastantes nos mercados desenvolvidos e emergentes: o ambiente de negócios em muitos mercados desenvolvidos com baixa confiança do consumidor está moroso, enquanto as condições na maioria dos mercados emergentes continuam dinâmicas e ricas em oportunidades de crescimento.

Zona Américas

Vendas de CHF 6,5 bilhões, 6,2% de crescimento orgânico, -0,4% de crescimento real

• O mercado norte-americano continua a sofrer o impacto do fraco sentimento do consumidor, com crescimento em declínio em várias categorias em que os preços são mais altos, inclusive alimentos congelados. Partindo de uma perspectiva de crescimento, café solúvel foi nossa categoria mais forte, tendo aumentado também a nossa participação nos segmentos de pizza e chocolates. Nescafé teve bom desempenho, e o Coffee-Mate Natural Bliss lançado em abril de 2011 continuou a apresentar crescimento constante no segmento de cremes líquidos para café. Petcare também cresceu e aumentou sua participação de mercado com forte desempenho de Friskies, Purina ONE Beyond e Beneful Baked Delights.

• A América Latina apresentou um crescimento de dois dígitos, com bons desempenhos do Brasil e México. As categorias de chocolates, cafés, biscoitos e sorvetes tiveram forte desempenho na região. Petcare também cresceu dois dígitos com a boa presença do Purina Pro Plan.

Zona Europa

Vendas de CHF 3,6 bilhões, 2,3% de crescimento orgânico, 0,2% de crescimento real

• Na Europa Ocidental continuamos a crescer na maioria dos mercados, inclusive Grã-Bretanha, França, Itália, Península Ibérica e Suíça. Nescafé teve bom desempenho em toda a região, enquanto Herta continuou a apresentar bom crescimento na França, assim como Maggi no Reino Unido, seguida por Juicy, que foi lançada em 2011. O negócio de petcare foi bem em toda a região. • Na Europa Oriental tivemos bom crescimento na Ucrânia, Romênia e região do Adriático. O desempenho da Rússia foi impactado por um realinhamento de nossa rede de distribuição com o objetivo de melhorar futuras performances.

• As categorias da Zona obtiveram sólidas conquistas: os segmentos de pratos resfriados e pizza congelada apresentaram bom crescimento. O crescimento das plataformas da Zona contou com importantes contribuições, especialmente Nescafé Dolce Gusto, e, na área de petcare, Purina Felix.

Zona Ásia, Oceania e África

Vendas de CHF 4,6 bilhões, 11,4% de crescimento orgânico, 7,2% de crescimento real

• Os mercados emergentes da Zona cresceram fortemente neste primeiro trimestre e obtiveram preços mais altos. A China Continental, o Sul da Ásia, a África e o Oriente Médio, todos apresentaram crescimento de dois dígitos. Continuamos a expandir nossa distribuição para todos os segmentos de consumo, desde os produtos com posicionamento popular até os premium. Entre as marcas que tiveram os melhores desempenhos estão incluídas Maggi, na África, Nescafé, na China e Milo. As novas parcerias na China (Yinlu e Hsu Fu Chi) tiveram desempenho de acordo com as expectativas.

• O crescimento do Japão e da Oceania foi limitado pelos fortes comparativos de 2011 e as condições econômicas prevalentes. KitKat teve bom desempenho no Japão e Maggi na Oceania.

• Muitas categorias de produtos da Zona contribuíram significativamente para o crescimento de dois dígitos nos segmentos de chocolates, culinária local, produtos lácteos, bebidas em pó e prontas para beber.

Nestlé Waters

Vendas de CHF 1,6 bilhões, 8,0% de crescimento orgânico, 5,0% de crescimento real

• O negócio norte-americano apresentou forte crescimento, aproveitando o impulso de 2011. Houve bons desempenhos por parte da Nestlé Pure Life, que teve um crescimento de dois dígitos, e também das marcas internacionais premium S. Pellegrino e Perrier. Marcas regionais, como Poland Springs e Ice Mountain cresceram solidamente.

• O negócio europeu teve bom crescimento, especialmente na França, Reino Unido, Alemanha e Itália. As marcas internacionais, inclusive a Vittel, continuaram consistentes, assim como marcas locais, como a Buxton no Reino Unido.

• O negócio cresceu dois dígitos nos mercados emergentes, tendo Nestlé Pure Life como nossa marca-chave.

Nestlé Nutrition

Vendas de CHF 1,9 bilhões, 5,8% de crescimento orgânico, 2,0% de crescimento real

• Nutrição Infantil teve bom desempenho global, com aumento de crescimento após um início particularmente forte em 2011. O crescimento dinâmico da divisão na Ásia, África e América Latina compensou amplamente o impacto das taxas negativas ou mais baixas de crescimento populacional em muitos mercados desenvolvidos. As fórmulas infantis e os cereais infantis, com grande exposição nos mercados emergentes, foram as locomotivas desse crescimento. Os negócios de refeições e bebidas, que têm maior exposição nos mercados desenvolvidos, também contribuíram positivamente.

• Performance Nutrition teve um bom início de ano nos Estados Unidos, depois de ter-se concentrado principalmente em suas atividades nucleares, produtos e consumidores em 2011. Seus negócios internacionais continuaram a apresentar bom desempenho. Weight management continuou a ser afetada pela alta competitividade e fraca demanda de consumo nos Estados Unidos. Os recentes lançamentos na Europa continuam a progredir.

Outros

Vendas de CHF 3,3 bilhões, 10,4% de crescimento orgânico, 6,9% de crescimento real

• O desempenho da Nestlé Professional foi direcionado por investimentos em seus pilares de crescimento tanto nos mercados emergentes como desenvolvidos. Seu crescimento foi positivo nas três zonas, com os mercados emergentes apresentando um crescimento de dois dígitos. O foco do negócio de bebidas nas soluções premium e super-premium liderou o crescimento, enquanto o negócio de alimentos apresentou forte desempenho liderado pelas soluções culinárias.

• Nespresso continuou a apresentar um crescimento orgânico em torno de 20%, com crescente demanda de consumo em todo o mundo. A edição limitada do café Kazaar, muito popular, foi relançada com sucesso e a implantação global das butiques continuou com as inaugurações em Doha, Innsbruck e Seul. Espera-se que a rede de varejo da Nespresso ultrapasse 300 butiques até o final do ano.

• Nestlé Health Science teve um bom início de segundo ano, com destaque para a América do Norte, América Latina e Ásia. As aquisições de 2011 tiveram desempenho compatível com as expectativas.

• Joint Ventures: O forte desempenho da Cereal Partners Worldwide nos mercados emergentes foi contrabalançado pelo crescimento mais lento nos mercados desenvolvidos. O realinhamento da Beverage Partners Worldwide para se concentrar mais nos mercados desenvolvidos, principalmente a Europa, está mudando o perfil de crescimento da joint venture. Suas marcas, que crescem rapidamente nos mercados emergentes, passarão a ser geridas pelas zonas Nestlé. Nossas joint ventures farmacêuticas tiveram um sólido início de ano, com crescimento positivo.

Perspectivas

Como antecipado, o ambiente de negócios em 2012 apresenta grandes desafios. O bom crescimento do primeiro trimestre, juntamente com os efeitos da política de preços para o resto do ano e uma provável melhoria do ambiente das matérias primas no segundo semestre, nos permitem confirmar nossa perspectiva anual de apresentar crescimento orgânico de 5 – 6% com uma melhoria na margem anual e ganhos por ação subjacentes nas moedas de valor constante.