Sort results by
Sort results by

Nestlé inicia no Brasil projeto de incentivo à produção sustentável de café

Distribuição de um milhão de mudas para produtores de Águia Branca (ES) e região será a primeira ação do Nescafé Plan no País. Café atenderá padrões internacionais da 4C Association

Águia Branca (ES), outubro de 2011 – A Nestlé lança no Brasil o Nescafé Plan, projeto global que reúne os compromissos da empresa com o plantio, a produção e o consumo de café. A implementação do plano tem início na cidade de Águia Branca, no Espírito Santo, em solenidade realizada ontem (20/10), com o anúncio da distribuição de um milhão de mudas a produtores locais, juntamente com parceiros da região. A Nestlé é uma das primeiras empresas no Brasil a criar uma unidade 4C (Código Comum para a Comunidade Cafeeira) de café conilon. A estrutura que está sendo desenvolvida envolve produtores, comerciantes, cooperativas, transportadoras e toda a cadeia do café, com o objetivo de estimular a adoção das práticas sustentáveis em conformidade com a verificação internacional 4C.

Serão beneficiados inicialmente em torno de 70 produtores do município de Águia Branca e região, que receberão ainda assistência técnica para acompanhamento da evolução das mudas. Desenvolvidas pela Incaper (Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural), as mudas da variedade Vitória têm alta produtividade, são mais resistentes a pragas, proporcionam uniformidade na maturação dos frutos e tamanho dos grãos, entre outros benefícios que auxiliarão os agricultores a formar novas lavouras e substituir as já existentes, renovando suas plantações e aumentando a produção na área já existente, com o consequente aumento de renda das propriedades. A Nestlé espera concluir a distribuição de um milhão de mudas até 2012.

O objetivo do projeto é fomentar o desenvolvimento de produtores locais de café conilon e criar um novo paradigma nos meios de produção deste tipo de produto no Brasil, atendendo a especificações de sustentabilidade. Ao atingir esta meta, a Nestlé incentivará o aumento da participação do País na produção mundial de café conilon com estas características.

“O Nescafé Plan está inserido no conceito da Criação de Valor Compartilhado, plataforma mundial de responsabilidade social da Nestlé. Trabalhando em conjunto com os produtores, comerciantes e viveiristas, incentivamos a produção de café 4C no Brasil e garantimos uma matéria-prima de qualidade para os nossos produtos. Ou seja, estamos compartilhando o valor agregado do produto final com a comunidade do Espírito Santo e o consumidor, fomentando toda a cadeia produtiva”, explica Ivan Zurita, presidente da Nestlé no Brasil.

O projeto já foi implantado pela Nestlé com sucesso em países como México, Tailândia, Filipinas e Indonésia. O NESCAFÉ Plan tem o apoio da Rainforest Alliance em boas práticas de produção e da 4C Association como verificador. A meta global, que inclui o plano no Brasil, é distribuir 220 milhões de mudas aos produtores até 2020. A Nestlé tem como objetivo atingir a compra de 180 mil toneladas de café 4C em 2015.

Verificação 4C
Com o NESCAFÉ Plan, a Nestlé cria um novo nível de exigência para as práticas de produção do café tipo conilon no Brasil. O País é o maior produtor de café do mundo, porém, no caso do conilon, o mercado nacional ainda não trabalha com a verificação 4C. A 4C Association é uma entidade independente cujo objetivo é gerar benefícios em toda a cadeia produtiva do café, incluindo produtores e comunidades rurais, indústria, comércio, consumidores e meio ambiente. No longo prazo, a 4C vislumbra maior eficiência no setor cafeeiro, redução de custos, melhoria da qualidade e aumento da lucratividade na produção de café.

Criação de Valor Compartilhado
Apoiada nos pilares de Nutrição, Saúde e Bem-Estar, a Nestlé promove desde sua origem, no Brasil e no mundo, a Criação de Valor Compartilhado. O conceito se fundamenta na premissa de que, para o sucesso dos negócios a longo prazo, tão importante quanto gerar valor para os acionistas é gerar valor para a sociedade em que a empresa está inserida. Dentro desse modelo, as ações de Responsabilidade Social da Nestlé são focadas em três temas-foco: Nutrição, Água e Desenvolvimento Rural. Estas temáticas orientam as políticas de responsabilidade social da Nestlé e também o investimento social da companhia. Em todos os programas, a educação é utilizada como estratégia para colaborar na transformação das comunidades. Para fortalecer as práticas de responsabilidade social, a empresa faz parcerias e associações com institutos, fundações empresariais, Governos, empresas privadas e organizações não-governamentais (ONGs), seja para realizar seus próprios projetos ou apoiar as iniciativas dos parceiros, desde que estejam alinhadas e comprometidas com os seus princípios e objetivos.

Sobre a Nestlé É a maior empresa mundial de nutrição, saúde e bem-estar, com operações industriais em 83 países e marcas mundialmente consagradas. No Brasil, instalou a primeira fábrica em 1921, na cidade paulista de Araras, para a produção do leite condensado Milkmaid, que mais tarde seria conhecido como Leite Moça por milhões de consumidores. A atuação da Nestlé Brasil abrange segmentos de mercado achocolatados, biscoitos, cafés, cereais, cereais matinais, águas, chocolates, culinários, lácteos, refrigerados, sorvetes, nutrição infantil (fórmulas infantis, cereais infantis e papinhas prontas para o consumo), nutrição clínica, produtos à base de soja, alimentos para animais de estimação e serviços para empresas e profissionais da área de alimentação fora do lar. Atualmente, a rede de distribuição dos produtos cobre mais de 1.600 municípios dos mais diversos tamanhos. A Nestlé Brasil e suas empresas coligadas estão presentes em 98% dos lares brasileiros, segundo pesquisa realizada pela Kantar Worldpanel. A empresa tem 31 unidades industriais, localizadas nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Goiás, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Espírito Santo. Emprega cerca de 19 mil colaboradores diretos e gera outros 220 mil empregos indiretos, que colaboram na fabricação, comercialização e distribuição de mais de 1.000 itens.